Friday, January 26, 2007

Da beleza da imaturidade


- Teresa, porque as crianças perdoam tão rápido?

- A gente não perdoa, Dolores.

- Não?

- Não. É que a gente compreende tanto, tanto, que nem precisa perdoar.
*****************************************************************

- Dolores, como é que eu vou saber que já cresci?

- Quando você começar a raciocinar antes de acreditar, minha pequena.
************************************************************************

- E o que é esperança?

- É um inseto ortóptero que imita folha seca pra se esconder, Teresa.

- Hum...Igualzinho ao que gente grande faz. Eu acho, Dolores, que a esperança é o nome que se dá ao medo que as pessoas grandes tem de acreditar que o sonho é possível já. E é por isso que elas preferem acreditar que são só um montão de folhas secas: pra se esconder do presente e esquecer que a felicidade verdinha pode acontecer agora mesmo.